AMSV agradece caminhoneiros que continuam trabalhando durante pandemia

 

A maioria dos caminhoneiros – exceto alguns do grupo de risco – continua trabalhando normalmente durante a pandemia do novo coronavírus, para que o alimento chegue até as prateleiras dos supermercados, bem como suprimentos de saúde cheguem aos hospitais e outros insumos essenciais ao setor produtivo.

 

 

O trabalho de quem transporta esses produtos é considerado essencial e teve autorização do governo federal para manter a atividade.

 

 

Produtores rurais e demais setores da cadeia produtiva de alimentos também foram reconhecidos como essenciais, mas necessitam do trabalho dos caminhoneiros para que o alimento chegue até a mesa do brasileiro.

 

 

Eles estão se expondo, correndo riscos e, muitas vezes, trabalhando sem as condições adequadas, sem locais apropriados para se alimentar, tomar banho e descansar, já que muitos desses serviços nas estradas estão fechados.

 

 

Os brasileiros também reconhecem a importância dos caminhoneiros nesse momento e ações de solidariedade têm sido feitas em várias partes do país. Entre elas, a doação de marmitas, lanches e kits de higiene, pelas estradas por onde eles passam. E até mesmo a abertura de casas para banhos e pernoites já foram oferecidos.

 

 

Tudo isso é muito importante e merece os nossos aplausos e agradecimentos.

 

 

O diretor executivo da AMSV e da Fenive, Daniel Bassoli, destaca que “Em momentos dramáticos como esse que estamos vivendo é que reafirmamos a importância de determinados setores como, por exemplo, o de transporte, que é determinante para a manutenção de suprimentos essenciais”.

 

 

A AMSV – Associação Mineira da Segurança Veicular – valoriza aqueles que permanecem trabalhando para que a população possa ficar em casa, fazendo a sua parte para evitar a contaminação da Covid-19. A todos o nosso muito obrigado!

Topo